OEsquema

Dilemas Universais da Pessoa Humana

É curioso isso: toda vez que um entrevistado responde à pergunta “O que você faz no seus momentos de lazer?”, ele sempre frisa assim:

“Gosto de ler um bom livro.”

“Adoro ficar em casa e tomar um bom vinho.”

“Ah, eu adoro assistir a um bom filme.”

Ninguém diz assim.

“Adoro ficar em casa com a minha família e ler um livro ruim que não diz coisa com coisa.”

Ou então.

“Meu programa predileto no final de semana é reunir os amigos pra tomar um vinho horroroso, que dá azia. Engolimos o mais rápido possível pra não sentir o gosto, é um stress. Mas fazer o que, precisamos relaxar.”

Perceba que, se analisarmos os relatórios de venda de vinho e livros, veremos enormes colunas coloridas no Excel onde diz “livros chatos que não dizem coisa com coisa” e “vinhos horrorosos que dão azia”, de forma que algo me diz que, se depender das entrevistas, a matemática toda do universo não está fechando.

3 Comentários
por: Gustavo Mini tags: ,

3 Comentários

Comentário por Patricia Vieira
26 de agosto de 2008 às 20h32

A minha mãe e eu concordamos em gênero, número e grau. Ela, na verdade, ficou mais vermelha rindo do que quando toma um vinho. Um vinho bom!!! É claro.

Responder

Comentário por Rodolfo S Filho
24 de setembro de 2008 às 18h31

Sei que é estragar a piada, mas talvez quem seja entrevistado tenha hábitos diferentes do povão. Ou – igualmente provável – talvez não tenha gosto.

Responder

Comentário por Gustavo Mini
24 de setembro de 2008 às 18h37

po, estragou a piada…

Responder

Deixe um comentário