Abro o blog, vejo que foi postado um comentário. Não preciso abrir para saber o que é: alguém me atacando porque eu falei mal do saxofonista da praia de Ipanema. Alguns clamam por justiça: se ele sair do Arpoador os peruanos do Largo do Machado tem que ser expulsos. Me sinto um Kassab batendo em artistas de rua. É que esqueci que no mundo do "curti" ninguém pode falar que isso é... um deixa para lá.

Mas nem tudo está perdido! Há solidariedade no mundo!

Ps: Pode falar mal de estátuas vivas?