... em que você ganha um VIBRADOR do seu ex-namorado. Calma, eu explico. Tem nada de putaria envolvida. Ou melhor, tem. O vibrador.

Não sei se vocês sabem, mas eu coleciono patinhos de borracha. Isso mesmo, a decoração da minha casa mais parece uma banheira de uma criança de três anos. Então eu coleciono patinhos de borracha e meus amigos, quando viajam, sempre trazem novos exemplares pra mim. Desta vez, obviamente, não foi diferente. Sim, preciso explicar que meu ex-namorado é meu amigo de fé, meu irmão camarada.

Enfim, ele foi pra Espanha, curtir a micareta do indie brasileiro, digo, o Primavera Sound, entrou na Sephora, viu uma patinha preta, linda, com estampa de bolinhas e bico cheio de glitter rosa. Um mimo. Não pensou duas vezes: lá estava a lembrancinha de viagem da Liv. Olha a cara de gatinha dela, que linda:

Quando ele voltou para casa, deu uma olhada no pacote e percebeu que se tratava de um massageador. Até aí, morreu Neves, ando com os pés em frangalhos, seria um presente fofinho e útil. Peguei a pata, levei pra casa, abri, achei fofa, botei a pilha pronta pra fazer uma massagem naqueles queridos que me aguentam o dia inteiro e OPA, o negócio tava forte.

Hm. Estranhei.

Peguei o folheto que ficava escondido dentro da caixa pra tentar entender do que se tratava, se era massagem pros pés, pras costas, pra onde diabos e vejo a inscrição "I rub my duckie". Ok, ficou ainda mais estranho. Embaixo, outra marca duvidosa: "Big teaze toys". Por fim, nas linhas finas, "para uso adulto apenas". EPA! Aquele inocente patinho se tratava de um vibrador!!!!!11@@ E não só um vibrador. Um vibrador que eu ganhei de presente do meu ex-namorado E DA ATUAL NAMORADA DELE. Afinal, o que vocês acham que o rapaz estava fazendo na Sephora?