Ela realmente é princesa do Japão, filha do imperador (eu chequei porque, né, vai saber). É jornalista e especialista em relações internacionais; é frequentemente fonte pra jornalistas pra comentar política internacional, ações humanitárias e essas coisas. Apesar de que achar que ela até fala umas coisas que fazem sentido, eu me recuso a acreditar (assim, muito) que no dia 22 de dezembro o mundo vai mesmo acabar, que as pessoas más vão reencarnar em outro planeta etc etc.

Assim, é que se o mundo tivesse dando uma guinada pra uma era super espiritual, cheia de coisas inexplicáveis, eu esperaria que a grande inteligencia do universo fizesse isso aos poucos, e não em uma guinada, sabe? A gente vive em uma era extremamente materialista, e que cada vez mais considera esses materialismo uma verdade absoluta, sem questionamento. Então se as coisas vão de repente parar de fazer sentido, tudo que eu acharia justo é que isso acontecesse aos poucos. Não sei - de repente uma aparição de UFO em frente a uma câmera oficial de alguma emissora de TV filmando ao vivo, pela primeira vez, ou então um fantasma que desse as caras na mesma linha.

Se o mundo de repente ficar completamente místico de uma hora pra outra, assim, vai ser meio difícil de lidar.