• Música para os outros

    Carlos Eduardo Miranda e eu conversando com Alexandre Matias sobre produção musical nos novos tempos. Parte da série massa O Ecossistema da Música em 2014, dedicada a discutir toda essa rede de criação, produção, audição de música nos dias de hoje. Só gente boa e assuntos quentes, ecossistema rico em fauna e flora. Criação do Matias, no Espaço Revista Cult.

  • Sete Quatro Clube

    Ouvir discos antigos de jazz é mais legal porque parece que muito da música contemporânea absorveu bem demais o que já foi feito, se guiando por mapas de terrenos trilhados, girando em círculos entre linguagens absorvidas, teorias assimiladas, fórmulas aprendidas. Jazz sem manual é melhor. Sem pressa mas sem perder tempo, o Otis Trio quebra a barreira do som e assimila o desconhecido: se ouvem, criam, improvisam, o coletivo fortalece o pessoal. Música para o presente, sem selo de era. Free e hard bop via punk do ABC. Do silêncio ao som, do individual ao mais que a soma das partes, jazz é expressão. Prazer raro ouvir galera tocando na pegada, sem regras, autoral, com criatividade e frescor, como neste primeiro disco do Otis, 74 Club, e hoje à noite, ao vivo, lançando o disco com show no teatro do Sesc Pompeia.

  • Quem é Quem na Folha de S.Paulo, 1973

    Idas a Paracambi e condições sentimentais abaladas: entre lembranças de Joões Donato e Gilberto tomando uma vitória no bar e inventando novas concepções harmônicas e as lindas observações sobre conteúdo emocional, sensitivo e musical de um artista que nunca vai deixar de evoluir, era pra ser uma crítica, mas que belo louvor, mesmo assim e por isso mesmo, Folha de S.Paulo, 26 de setembro de 1973. Era tanta novidade no Quem é Quem que assustava os tradicionalistas, história da vida de Donato. Tudo de novo pela primeira vez, criação espontânea, quinta e sexta debutando ao vivo.

  • Tárik de Souza escreve sobre Quem é Quem no jornal Opinião, 1973

    Tárik de Souza comenta o vigor melódico e harmônico, a voz sincera e objetiva e os efeitos de múltiplo balanço tirados do piano elétrico com seu som pesado e de notas prolongadas no recém-lançado disco Quem é Quem, do desligado-mas-atento João Donato, em edição do jornal Opinião publicada na primeira semana de outubro de 1973.

  • João Donato conta a João Gilberto sobre seu novo disco Quem é Quem, 1973

    De Donas para Jonas, setembro de 1973, adorável carta detalhando o mágico processo de nascimento do disco “Quem é Quem“, ontem mesmo, há 40 anos, e agora só hoje dias 27 e 28 de fevereiro pela primeira vez ao vivo. Cada gol lindo, que nem é bom falar. Para o Jonas “QUEM É QUEM” … […] >
  • 40 Anos de Quem é Quem …é João Donato

    Dentro da série de comemorações de 80 anos de João Donato em 2014, nos próximos dias 27 e 28 de fevereiro, no Teatro do Sesc Pinheiros, show especial traz o álbum clássico de 1973 de João Donato “Quem é Quem” apresentado pela primeira vez ao vivo. Com banda nova com músicos de São Paulo incluindo […] >
  • Goma-Laca 2014

    Dias oito e nove de fevereiro de 2014 no Sesc Vila Mariana, acontece o espetáculo Goma-Laca Volume II, Afrobrasilidades em 78 RPM, com releituras e versões de belos e pioneiros registros de música afrobrasileira – ritual e em seus desenvolvimentos em gêneros como emboladas, cocos, jongos, maracatus, a partir de discos 78 rotações, boa parte de pesquisa publicada aqui. Direção musical do maestro da Orkestra Rumpilezz, Letieres Leite, com grande banda e a participação de Juçara Marçal, Russo Passapusso, Karina Buhr e Lucas Santtana. Mais infos e pistas por aqui.

/ Ronaldo Evangelista
ronaldoevangelista.com.br
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit