OEsquema

Proto-Formspring

A mais nova melhor rede social de todos os tempos da última semana é o tal do Formspring, que permite que pulhas anônimos e curiosos cara-de-pau perguntem coisas que querem saber sobre você (eu tou lá, mas não pergunta merda que eu xingo a tua mãe). Aparentemente uma idiotice pra perder tempo (como toda rede social), o Formspring, no entanto, pode se tornar uma espécie de We Feel Fine do mal, se tiver um “momentum” em que todo mundo comece a prestar atenção no site (como o Irã funcionou para o Twitter). A prática, no entanto, é pré-digital e a Bean resgatou um caderno de infância que partia do mesmo pressuposto do novo site. A Ana também comentou sobre a semelhança entre os dois formatos. Me preocupa tanto isso: a história digital, tudo bem, ela meio que se autorregistra (cache do Google não existe à toa). Mas e todas essas tradições de quem foi criança, jovem ou adolescente no final do século 21? Alguém tem um compêndio com todas as variações de “Chora Bananeira”? Quais os melhores trotes telefônicos da história antes de isso virar o Mussão, quais os Paretos que não foram gravados?

8 Comentários
por: Alexandre Matias postado em: Digital, Loki, Paranoia, Pop, Texto tags: , , ,

8 Comentários

Comentário por Rosalvo
17 de dezembro de 2009 às 13h51

Por falar no assunto…claro que é o Onion:
http://www.youtube.com/watch?v=7mFJdOsjJ0k

Responder

Comentário por guto
17 de dezembro de 2009 às 17h03

Eu acho uma idiotice, não entrei nessa p….

Responder

Comentário por Cristiano Marinho
17 de dezembro de 2009 às 17h10

eu era campeão de chora bananeira
sabia muitos versos

e a lembrança do Pareto foi genial

abraço

Responder

Comentário por dafne
17 de dezembro de 2009 às 22h11

olha só, e eu acabei de ler o Miguel Falabella (@FalabellaReal) falar no twitter (aliás, uma das poucas celebs que sigo; acho que ele tá fazendo um uso bom do negócio): “Pergunta: a gente precisa ir apagando o que escreve ou vai deixando uma imensa correspondência para trás?” pra depois “Imagino todos esse tweets como rolos e rolos que vão sulcando a rede como os bisões que nossos antepassados pintavam nas paredes.”

Responder

Comentário por carlos henrique caetano
18 de dezembro de 2009 às 11h25

incrível! eu tinha me esquecido desse negócio kkk

Responder

Comentário por Mariana
18 de dezembro de 2009 às 17h34

dirty dancing é meu favorito até hoje, veja só.

Responder

Pingback por Um jeito diferente de usar o FormSpring « a funky experience
18 de dezembro de 2009 às 17h35

[...] chegamos à conclusão de que a ferramenta, por mais que esteja funcionando como um arremedo do caderno de confidências, com gente perguntando frivolidades, questionando limites sexuais e outras maravilhas, o [...]

Comentário por Yvone
18 de dezembro de 2009 às 17h49

Eu tava pensando a pouco tempo atrás, tipo menos de um mês em fazer um “caderno de enquetes” de zoeira pras amegas com perguntas cretinas e adultenhas, mas o formspring veio 1º! ¬¬

E uou fiquei com vontade de resgatar meu caderninho da 6ª série pra rir das perguntas e das respostas!

Responder

Comentário por Diogo Cão
26 de dezembro de 2009 às 8h42

AHah! Pode crer que estes caderninhos são a versão analogica do formspringles!!
=)

Responder

Deixe um comentário