• Vida Fodona #485: Nove anos de Vida Fodona

    Pra comemorar mais um aniversário, duas horas só com músicas de 2015!

    Brian Wilson + Al Jardine – “Right Time”
    Yumi Zouma – “Song For Zoe & Gwen”
    Warpaint – “No Way Out (Redux)”
    Chvrches – “Cry Me A River”
    Le Volume Courbe + Kevin Shields – “The House”
    Adriano Cintra – “Alprazolam”
    Modest Mouse – “The Best Room”
    Will Butler – “Anna”
    Charli XCX – “Shake It Off”
    Stephen Malkmus & the Jicks – “Blank Space”
    Royal Blood – “Roxanne”
    Rafael Castro – “Ciúme”
    Blur – Go Out”
    Twin Shadow – I’m Ready
    Todd Terje – Preben Goes To Acapulco (Prins Thomas remix)
    Florence & the Machine – “What Kind of Man (Nicolas Jaar Remix)”
    Miami Horror + Cleopold- “Love Like Mine”
    Skylar Spence – “Practice”
    Kendrick Lamar – “The Blacker The Berry”
    Unknown Mortal Orchestra – “Multi-Love”
    Giorgio Moroder + Kylie Minogue – “Right Here, Right Now”
    Hot Chip – “Huarache Lights”
    Diogo Strausz + Keops + Raony – “Narcissus”
    BaianaSystem – “Playsom”
    Sants – “Chavoso”
    Daniel Johns – “Aerial Love”
    Beyonce – Crazy In Love (Fifty Shades of Grey Boots Remix)
    Guizado – “Tigre”
    Emile Haynie + Lana Del Rey – “Wait For Life”
    Bob Dylan – “Stay With Me”

    Chegaqui.

  • No Sacola Alternativa

    Participo mais no final da tarde do primeiro Sacola Alternativa, evento sobre cultura independente organizado pelo Dotta e pelo Rafael da Balaclava Records, que reúne diferentes iniciativas de produção cultural feita na raça em uma feira, debates, filme, show e, claro, muita gente interessada na cena. O evento ocorre durante todo o sábado e a minha participação acontece na mesa “Indie Brasil: de onde viemos, para onde vamos” às 18h30, ao lado do Thiago Ney, do Dago Donato, do Mancha Leonel, do Diogo Valentino dos Supercordas e do Tim d’O Terno, com mediação do Mac do Scream & Yell. Tirando o show do Séculos Apaixonados, todo o evento é gratuito. Mais informações aqui.

  • A importância de Leonard Nimoy para a cultura atual

    Escrevi sobre a morte do ator que encarnava a essência de Jornada nas Estrelas e ajudou a popularizar a ficção científica pro UOL. Confere lá.

  • 4:20

  • Fluxo discute a crise hídrica em São Paulo

    Vale encarar as mais de duas horas de discussão da estréia do programa Sem Filtro, que tem como seu primeiro tema a a crise da água em São Paulo – e no Brasil. O programa é cria do Estúdio Fluxo que neste debut convidou a ambientalista Marússia Whately para uma sabatina sobre a grande seca paulistana de 2015. Na bancada, puxada pelo chapa Bruno Torturra, estão os jornalistas Antônio Martins (dos sites Outras Palavras e Conta D’Água), Barbara Gancia (da Folha e do GNT), Claire Rigby (que cobre a crise hídrica pra Vice, Monocle e Guardian) e João Wainer (também da Folha). Mas mesmo como vídeo, dá pra deixar a imagem rolando em uma aba e ouvir a importante discussão enquanto você atua em outras abas de seu navegador.

    Bom saber que estão começando a discutir algumas questões fora da torrente monótona que se repete em nossas timelines (online ou offline). Além do Sem Filtro ainda há o recém-lançado Havana Connection, liderado pelo Sakamoto, que também vale conferir.

  • Kanye West pede desculpas pro Beck

    Kanye West veio a público pedir desculpas pro Beck depois de ter virado as costas pro cantor na premiação do Grammy no início de fevereiro. O rapper hipster achava que o prêmio deveria ir pra Beyoncé, o que não aconteceu e deixou-o esquentadinho de novo, como quando roubou o microfone de Taylor Swift na premiação de clipes da MTV de 2009 pra defender a mesma Beyoncé. Já tava na hora de ela dizer pra ele deixar que o trabalho dela fale por si, sem precisar desse advogado de defesa. E ainda tão falando que o tweet de desculpas veio a pedido da sogra do Canhê

    O fato é que o quiprocó rendeu mais do que repercussões online – e além da colisão entre músicas de Beck e Beyoncé proposta por um projeto de mashup criado da noite pro dia, a confusão ainda gerou outro mashup, deste feito pelo Arcade Fire Win Butler sob o pseudônimo de DJWindows98, que misturou “Jesus Walks” do Kanye com “Loser” do Beck.

  • 4:20

Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit