• Música, Performance e Mercado no Sesc Ipiranga

    Participo hoje, às 20h, do seminário Música, Performance e Mercado organizado nas quintas-feiras de outubro pelo Sesc Ipiranga. Falo sobre “Mídias sociais, marketing digital e a era da nuvem”, relacionando essas recentes transformações com as mudanças no mercado da música, num papo com o Vinicius Apoena da agência digital MK&Vapps. A entrada é gratuita e os ingressos começam a ser distribuídos com uma hora de antecedência no local. A mediação é feita por Thales de Menezes.

  • Vida Fodona #457: Pleno invernico

    …e eu aqui organizando as coisas na madrugada.

    Ritchie – “Vôo de Coração”
    Spoon – “Rainy Taxi”
    Banda do Mar – “Me Sinto Ótima”
    War on Drugs – “Under The Pressure”
    Saint Pepsi – “Fiona Coyne”
    Lana Del Rey-”West Cast (Munk Remix)”
    Tops – “Change of Heart”
    Phonat – “Never”
    Escort – “If You Say So”
    Chromeo + Toro Y Moi – “Come Alive (The Magician Remix)”
    Ariana Grande – “Problems (Bo$$ in Drama Remix)”
    Thiago Pethit – “Romeo (Adriano Cintra Remix)”
    Pharrell – “Hunter”

    Chegaê.

  • Eis o primeiro teaser do Vingadores 2

    Era para ter estreado na semana que vem após o episódio de terça da segunda temporada de Agentes da S.H.I.E.L.D. (que começou bem, diferente da temporada anterior, que demorou pra engatar). Mas o trailer do segundo epílogo da segunda fase do projeto de dominação mundial dos estúdios Marvel vazou, saiu do ar em poucas horas, mas devido à brusca reprodução desse tipo de material na internet, a empresa não teve outra saída a não ser antecipar o teaser oficialmente. Ei-lo, direto do canal da Marvel:

    Usando a trilha sonora de Pinóquio e o título da canção de Disney como resumo de sua premissa (um robô dizendo “eu não tenho cordas” como a marionete da fábula disse séculos antes), o novo trailer resumo a sequência em cenas-chave que mostram um lado sombrio para o segundo filme, seguindo a escola Guerra nas Estrelas, tão repetida nas franquias recentes, do Batman de Nolan ao 007 de Craig, do Jornada nas Estrelas de J.J. Abrams ao X-Men mais recente. É o escudo do Capitão América quebrado, o martelo de Thor caindo, Tony Stark sendo pego pelo pescoço ao mesmo tempo que vemos, rapidamente, a Feiticeira Escarlate e Mercúrio, e o vilão narra que a vitória do capítulo anterior foi em vão, passageira.

    2015 promete.

  • Viajando no mar

    Os espanhóis Ocean Brothers são especialistas em filmar dentro do mar e brincar com “efeitos especiais” produzidos apenas com truques de luz e câmera, sem computação gráfica nem pós-produção. O resultado é incrível.

  • Todos os discos do Cream em uma caixa de vinil

    Em plena nova fase de ouro do vinil, todo mundo está convertendo seus arquivos de áudio em caixas caprichadas repletas de discos pretos – quanto mais, melhor. Agora é a Universal que relança todos os discos oficiais do Cream, o mítico power trio de hard rock psicodélico do final dos anos 60, numa só caixa, mantendo a arte original de cada um dos álbuns originais. A saber, são seis: Fresh Cream (1966), Disraeli Gears (1967), o duplo Wheels of Fire (1968) e os póstumos Goodbye (1969), Live Cream (1970) e Live Cream Volume 2 (1972), os dois últimos gravados nas turnês do trio inglês nos Estados Unidos em 1967 e 1968, respectivamente. Live Cream também trará “Lawdy Mama”, gravada em 1967 e nunca lançada oficialmente pelo grupo (à exceção de uma aparição na caixa Crossroads, de Eric Clapton). A caixa já está em pré-venda e chega às lojas no meio de dezembro. Abaixo, a ordem das faixas:

    Fresh Cream (1966)

    “N.S.U.”
    “Sleepy Time Time”
    “Dreaming”
    “Sweet Wine”
    “Spoonful”
    “Cat’s Squirrel”
    “Four Until Late”
    “Rollin’ And Tumblin’”
    “I’m So Glad”
    “Toad”

    Disraeli Gears (1967)

    “Strange Brew”
    “Sunshine Of Your Love”
    “World Of Pain”
    “Dance The Night Away”
    “Blue Condition”
    “Tales Of Brave Ulysses”
    “SWLABR”
    “We’re Going Wrong”
    “Outside Woman Blues”
    “Take It Back”
    “Mother’s Lament”

    Wheels Of Fire (1968)

    “White Room”
    “Sitting On Top Of The World”
    “Passing The Time”
    “As You Said”
    “Pressed Rat And Warthog”
    “Politician”
    “Those Were The Days”
    “Born Under A Bad Sign”
    “Deserted Cities Of The Heart”
    “Crossroads – Live At The Fillmore”
    “Spoonful – Live At The Fillmore”
    “Traintime – Live At The Fillmore”
    “Toad – Live At The Fillmore”

    Goodbye (1969)

    “I’m So Glad”
    “Politician”
    “Sitting On Top Of The World”
    “Badge”
    “Doing That Scrapyard Thing”
    “What A Bringdown”

    Live Cream (1970)

    “N.S.U.”
    “Sleepy Time Time”
    “Lawdy Mama”
    “Sweet Wine”
    “Rollin’ And Tumblin’”

    Live Cream Volume II (1972)

    “Deserted Cities Of The Heart”
    “White Room”
    “Politician”
    “Tales Of Brave Ulysses”
    “Sunshine Of Your Love”
    “Steppin’ Out”

  • 4:20

  • Taylor Swift 2014: “It’s a new soundtrack…”

    Mais uma prova de que devemos prestar atenção no próximo disco de Taylor Swift. A terceira música revelada – “Welcome to New York” – fica mais pro cima de “Out of the Woods”, embora seja mais dançante (mas não tanto quanto “Shake it Off”). Todas as três são bem diferentes do que se esperaria de uma ex-cantora adolescente buscando sua maturidade.

Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit