• Hoje tem Noites Trabalho Sujo no Apartamento Byob – Experimento Controlado

    Lá vamos nós de novo rumo àquela dimensão em que a música funciona como catalizador de emoções positivas, quando o calor humano se materializa em suor e sorrisos, deixando tudo mais leve apesar do movimento incessante. Desta vez eu e Danilo usaremos o Apartamento Byob como um laboratório antiestresse movido à melodia e ritmo, um ambiente purificador de almas, auras e cérebros. Venha desopilar ouvindo as melhores músicas do mundo – as que você ama e as que nem sabia que gostava. Para incluir seu nome na lista basta mandar email para o noitestrabalhosujo@gmail.com até às 22h.

    “Isso é um teste”
    Trabalho Sujo @ Apartamento Byob – Experimento controlado
    Sábado, 13 de setembro de 2014, a partir das 23h
    Com: Alexandre Matias e Danilo Cabral
    Apartamento Byob: Rua Oscar Freire, 2298. Ao lado do metrô Sumaré.
    - R$ 30 / R$ 20 com nome na lista pelo noitestrabalhosujo@gmail.com

  • 4:20

  • Conhece o Tops?

    Delicinha essa banda canadense Tops. Artista caçula da gravadora Arbutus Records, que mostrou a Grimes para o mundo, o Tops é bem menos estranha do que a média do elenco da gravadora e flutua por um pop com lente retrô anos 80 sem necessariamente abusar dos timbres sintéticos daquela década – as referências estão mais nas composições e no sabor doce da voz de Jane Penny, a reluzente e bucólica guitarra de David Carriere e a cozinha milimétrica formada pela baixista Madeline Glowicki e pelo baterista Riley Fleck, soando como uma espécie de Xx menos sisudo, mais relaxado, mais John Hughes anos 80 que R&B anos 90. Vale dar atenção a seu segundo disco, Picture You Staring. Confira abaixo:

  • Ariel Pink’s Haunted Grafitti 2011 x Ariel Pink 2014

    Mais novidades do front de Ariel Pink (que começou a mostrar as músicas de seu novo disco). Dessa vez ele reciclou “Shower Me With Lipstick”, que já havia gravado sob o nome de Ariel Pink’s Haunted Grafitti em 2011, desta vez com a produção de Don Bolles, que deu uma suavizada e botou nos trilhos preguiçosos da atual psicodelia do vocalista. Saca só (o clipe não é oficial, foi feito por fã):

    Compare com a original:

  • Vida Fodona #446: A essência do Vida Fodona

    Tenho uma história pra contar…

    Kim Churchill – “Single Spark”
    War On Drugs – “Lost in the Dream”
    Bonobo – “Cirrus”
    Randy Weston – “Tanjah”
    Pedro Sorongo – “Água Viva”
    Odetta – “Don’t Think Twice Its Allright”
    Patsy Cline – “Strange”
    Cure – “Hello Goodbye”
    Metronomy – “Month of Sundays”
    Saint Pepsi – “Fiona Coyne”
    Say Lou Lou – “Instant Crush”
    Milk & Bone – “Coconut Water”
    Beverly – “All the Things”
    Courtney Barnett – “Avant Gardener”
    Metrô – “A Noite”
    Astronomyy – “Bitch, Don’t Kill My Vibe”
    Max Frost – “Sunday Driving”

    Olhaê.

  • iPod (2001-2014)

    É tão bom não ter que me preocupar em cobrir lançamentos da Apple (ou de qualquer outra empresa de tecnologia) depois de anos fazendo isso no Link e, em menor escala, na Galileu. Mas uma coisa parece ter passado batido em relação ao anúncio que a empresa fez esta semana.

    Além do novo iPhone e de apresentar o Apple Watch, a empresa, sem muito alarde, matou o iPod. Tá certo que a era de ouro do MP3 player da Apple já tinha passado há tempo (até dei uma capa pra isso num Link de 2009), mas vale o sublinhar o óbito.

    Afinal, a morte do iPod não marca só o fim do aparelho que começou a transformar a Apple no gigante de tecnologia que ela é atualmente – uma empresa que, apesar de ter ajudado a criar o mundo de desktops que ainda vivemos, quase faliu nos anos 90, além de ter demitido seu fundador, o hoje santo-porque-morto Steve Jobs. Ela também sublinha a arrogância da empresa frente a seus clientes/fãs, que agora só podem armazenar no máximo 64 gigabytes em seus iPhones (o iPod clássico permitia até 160 GB de armazenamento). “Estamos na era do streaming, a era do download acabou”, vão dizer os fãs – e eu discordo, não confio em rede social nem em nuvem nenhuma, gratuita ou paga, pra guardar meus conteúdos digitais. E nessa “era do streaming” vão te enfiar conteúdo goela abaixo, mesmo que você não queira, como a própria Apple fez nesse mesmo lançamento dessa semana, com o disco novo do U2 pra todos seus fãs/clientes (o Camilo ensina como deletar lá no Link).

    Pode ser que essa morte seja o começo de um novo fim, este da própria Apple. Vamos ver…

  • Um tributo a Paul McCartney

    No início desta semana o Cure apareceu tocando “Hello Goodbye” com o filho de Paul McCartney, James, nos teclados – foi quando nos foi avisado que um disco tributo à obra de Paul McCartney – tanto nos Beatles quanto solo – estava em andamento, com um elenco e repertório de respeito, saca só:

    CD1
    Billy Joel – “Maybe I’m Amazed”
    Bob Dylan – “Things We Said Today”
    Heart – “Band On The Run”
    Steve Miller – “Junior’s Farm”
    Yusuf/Cat Stevens – “The Long And Winding Road”
    Harry Connick, Jr. – “My Love”
    Brian Wilson – “Wanderlust”
    Corinne Bailey Rae – “Bluebird”
    Willie Nelson – “Yesterday”
    Jeff Lynne – “Junk”
    Barry Gibb – “When I’m 64″
    Jamie Cullum – “Every Night”
    Kiss – “Venus And Mars” / “Rock Show”
    Paul Rodgers – “Let Me Roll It”
    Roger Daltrey – “Helter Skelter”
    Def Leppard – “Helen Wheels”
    Cure + James McCartney – “Hello Goodbye”

    CD 2
    Billy Joel – “Live And Let Die”
    Chrissie Hynde – “Let It Be”
    Robin Zander & Rick Nielsen do Cheap Trick – “Jet”
    Joe Elliot – “Hi Hi Hi”
    Heart – “Letting Go”
    Steve Miller – “Hey Jude”
    Owl City – “Listen To What The Man Said”
    Perry Farrell – “Got To Get You Into My Life”
    Dion – “Drive My Car”
    Allen Toussaint – “Lady Madonna”
    Dr. John – “Let ‘Em In”
    Smokey Robinson – “So Bad”
    The Airborne Toxic Event – “No More Lonely Nights”
    Alice Cooper – “Eleanor Rigby”
    Toots Hibbert + Sly & Robbie – “Come And Get It”
    B.B. King – “On The Way”
    Sammy Hagar – “Birthday”

    CD 3
    Robert Smith – “C Moon”
    Booker T-Jones – “Can’t Buy Me Love”
    Ronnie Spector – “P.S. I Love You”
    Darlene Love – “All My Loving”
    Ian McCulloch – “For No One”
    Peter, Bjorn & John – “Put It There”
    Wanda Jackson – “Run Devil Run”
    Alice Cooper – “Smile Away”

    A coletânea já está em pré-venda em vários formatos (entre eles a caixa que ilustra esse post) e será lançada oficialmente em novembro.

Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit