• Matt Fraction comenta Sex Criminals e Gavião Arqueiro no Late Night com Seth Meyers

    O Matt Fraction é um dos melhores autores de quadrinhos vivos. Ele escreveu o que pode ser considerado o arco de histórias definitivo do Gavião Arqueiro e é um dos criadores de Sex Criminals, uma das mais originais e criativas histórias em quadrinhos surgidas nas últimas décadas. O quadrinista esteve no programa do Seth Meyers e comentou um pouco desses dois trabalhos mais recentes. Atualizo o post quando a entrevista aparecer na íntegra online, mas já colocaram um trechinho no Youtube. Aê! colocaram a íntegra do bloco com o Fraction. Saca só:

  • As lojas de quadrinhos de Londres

    No período que morei em Londres passava grande parte dos meus dias pulando de loja de quadrinho em loja de quadrinho. Cheguei até a fazer uma série sobre as comics shops londrinas por aqui, lembra? Escrevi pro caderno Turismo da Folha sobre as três principais lojas que frequentei por lá e a matéria saiu hoje. […] >
  • Os 40 anos da Industrial Light & Magic na capa da Wired

    Ó que beleza a capa da próxima Wired. Os editores convocaram essa seleção aí em cima pra falar sobre os 40 anos da Industrial Light & Magic, a empresa de efeitos especiais criada pelo George Lucas pra produção de Guerra nas Estrelas que acabou mudando a história da computação gráfica e do cinema. A conversa entre essa galera toda pra matéria de capa já tá na íntegra no site da revista. Agora, uma dúvida minha: se você fosse o editor da Wired e precisasse escolher, cogitaria colocar o Jar Jar Binks no lugar do Michael Bay nessa foto de capa? A pergunta é legítima. Qual dos dois você acredita ser a criatura mais estapafúrdia que tem sua existência atrelada à ILM?

    A video posted by WIRED (@wired) on

     

  • O Poderoso Chefão, por Marie Bergeron

    A artista canadense Marie Bergeron foi uma das vencedoras de um concurso de cartazes dedicados a clássicos do cinema realizado pelo FilmDoo. A arte é essa aqui em cima, bastante inspirada e dedicada a O Poderoso Chefão. Os outros trabalhos premiados tão aqui.

  • As artes conceituais de Brendan McCarthy para Mad Max: Estrada da Fúria

    O quadrinista britânico Brendan McCarthy é não só um dos responsáveis pelos argumentos de Mad Max: Estrada da Fúria, como também um dos criadores do design e de muitos dos conceitos da produção. O artista publicou em seu site algumas das ilustrações que acabaram servindo de inspiração para George Miller e sua equipe durante as […] >
  • Adeus Mad Men

    Antes de tudo, pare por aqui caso ainda não tenha visto o episódio final de Mad Men, combinado? Ainda comigo? E aí, então? O que achou? Esse sorriso aqui de cima te engana? Todo mundo muda, as pessoas evoluem, os tempos mudam, mas Dick Whitman não consegue deixar de ser Don Draper. Matt Weiner brincou com seus espectadores até os 45 minutos do segundo tempo, mas na cena derradeira, nos instantes finais, somos lembrados que o caminho de Don não tem volta. Ele não tem arrependimentos e é extremamente apaixonado pelo que faz, jamais cairia no papo new age dos hippies californianos que o acolheram. Ou melhor, fez uso desse mesmo papo pra retornar para a Avenida Madison e criar uma das peças mais famosas da Coca-Cola. Ou pelo menos foi o que eu interpretei, e você?

  • Mad Max: Estrada da Fúria e a Liga da Justiça nunca realizada de George Miller

    Não tenho muito a acrescentar aos vários elogios já feitos ao novo Mad Max. Estive pirando na produção desde o lançamento do primeiro trailer e o filme foi além do que o material de divulgação prometia. Por mais que eu goste dos filmes estrelados por Mel Gibson, é difícil até comparar. As produções originais têm […] >
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit
Share with your friends










Submit